Obesidade Mórbida

Muitas pessoas me falavam assim: “Você não, precisa operar… Não, seu médico calculou errado, você não tem obesidade mórbida… etc…” Isso, porque elas tem em mente como obesidade mórbida, aquelas pessoas que pesam 200, 300 quilos, e não saem da cama, não tem uma vida social, etc…

Mas, a obesidade mórbida, não é só com essas pessoas. É apenas uma questão de cálculo. Quando nosso peso ultrapassa o valor 40 no índice de massa corporal, de acordo com o “National Institutes of Health” – Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, isso significa que o excesso de peso tornou-se um risco para a saúde.

Por isso até a cirurgia bariátrica é bem delicada, porque o paciente obeso apresenta muito mais complicações.

No meu caso o IMC já era 40 e eu também apresentava as doenças associadas a obesidade como colesterol alto, triglicérides alto, síndrome metabólica, etc…

Os riscos à saúde em pacientes Obesos são:

  • Desenvolver Diabetes Mellitus tipo II;
  • Problemas cardiacos;
  • Dislipidemias;
  • DA [Doença Arterial, cuja mais comum é a Coronariana(DAC)], com risco de desenvolver para IAM (Infarto Agudo do Miocárdio), ou AVE (Acidente Vascular Encefálico) isquêmico;
  • Trombose Venosa com isquemia e necrose principalmente de partes distais do corpo, como pés;
  • Hipertensão Arterial;
  • Problemas Articulares (Joelhos e Coluna Lombar); e
  • Depressão
  • Tidp

Para calcular o IMC, acesse: Calculo de IMC

obesidade morbida

Anúncios

Primeiro almoço fora pós bariátrica

Ontem foi meu primeiro almoço fora de casa depois da cirurgia de redução do estômago. Surpresa do maridão. E o lugar não poderia ser melhor depois de tanto tempo só nos caldinhos, pastoso, etc… Foi na condimento. O restaurante que eu mais amo!!! Amigas lindas do meu coração também foram junto a Denise e a Bia duas irmãs maravilhosas. Lóóóóóógico que todos se deliciaram em sobremesas MARAVILHOSAS e eu fiquei no meu prato. Também não foi nenhuma extravagância, meu prato foi filé de frango grelhado, arroz integral e purê de mandioca… Mas, estava maravilhoso!!!!

Acho que comi 1/4 do prato e demorei séculos, ainda bem que todos foram para a sobremesa… hahahah
Acho legal contar também que com 2 garfadas me sinto tão satisfeita que não fico com nenhuma vontade da sobremesa deles… Todo mundo me pergunta você sente fome? NÃO, não sinto fome depois da cirurgia bariátrica. Lógico eu também sigo as orientações ao pé da risca, estou sempre comendo de 3 em 3 horas… Acho essa uma parte muito importate, pois assim seu organismo está sempre trabalhando e não descansa nunca.

Sabe aquela sensação de que foi em uma churrascaria e você não quer sobremesa? É assim que me sinto. É uma sensação, muito, mas muito diferente de quando você faz dietas para emagrecer… As pessoas as vezes ficam com receio , tipo “ai coitada ela não pode comer”…. Eu tento explicar, não estou sentindo vontade , juro!!! Acho esse um grande diferencial depois que operei o estômago para quando fazia dietas…

restaurante condimento

2 Meses de Cirurgia Bariátrica – Borboleta

bike_na_paulista

Estamos iniciando dezembro. Ontem eu fiz 2 meses de cirurgia bariátrica. Balanço geral 16 quilos off, sem colesterol, sem triglicérides e muito feliz!!! Ontem fomos andar de bicicleta na Paulista. Eles colocam a ciclofaixa aos domingos. Uma delícia!! #amei! É muito bom poder curtir um pouco, passear com o maridão…

Depois fomos em um churrasquinho na casa de uns amigos. Eu como sempre, levei toda minha lancheirinha, meu almoço, água de coco, bolacha de maizena, suquinho… Comi tudo bonitinha… No final, acabamos ficando tanto tempo que já era hora da janta… Foi então a primeira vez que comi fora de casa depois da cirurgia bariátrica… hahahah O maridão fez um franguinho na churrasqueira, e nhumiiiiii, uma delícia!!!

Tudo bem, porque eu já estou na fase de ir começando a experimentar coisas novas…. A minha dieta rígida era de 2 meses. Um cardápio a cada 15 dias… Agora estou por minha conta e risco… hahahahaha (tudo bem, não é bem assim…)

Mas, resumindo, passei super bem… Aos pouquinhos a vida vai voltando ao normal… A orientação da psicóloga é para não ter medo de experimentar coisas novas… Porque ficamos com medo de passar mal e não queremos comer coisas diferentes… Ela orienta que só vamos saber se experimentar… Mas, confesso, sou mega medrosa, estou indo bem devagar mesmo!!