Pandemia e um Adeus ao meu Marido

Estou protelando há alguns meses vir aqui contar para vocês a grande tristeza dos meus dias…

O meu blog vida de casada, deixou de ser o vida de casada, e agora eu virei viúva…

Perdi meu grande amor, meu marido, meu parceiro, meu melhor amigo para o covid.

Essa pandemia foi devastadora aqui em casa. Ao mesmo tempo que ela me trouxe o João Pedro, meu bebê que me cura todos os dias, ela levou o grande amor da minha vida.

É indescritível tamanha dor, tamanho medo, tamanho desespero. Fazia apenas 9 meses que o João Pedro tinha nascido. Ele me deixou com um bebezinho e uma filha de 5 anos de idade, com apenas 48 anos e uma vida pela frente.

A nossa despedida foi desumana no auge do covid, me deram apenas 15 minutos com ele dentro do carro da funerária, no estacionamento do crematório. 24 anos juntos, para se despedir assim.. As vezes penso que éramos tão unidos, tão conectados que não era para nos despedirmos mesmo…   

Sua falta desestruturou tudo… Virou a minha vida e a das crianças de cabeça pra baixo. Fui obrigada do dia para noite a assumir um papel que nunca imaginei em toda minha vida…

Sinto a sua falta todo santo dia, toda santa noite, e ainda não consigo expressar tamanho sofrimento.

Mas eu precisava compartilhar com vcs.

Dei uma entrevista para uma matéria da tv aparecida que conseguiu realmente mostrar a minha realidade…

  1. Alê, recebi a notificação do blog e fiquei surpresa. Semana passada pensei em você e de vez em quando vinha aqui ler os textos porque engravidei depois de quase 7 anos de cirurgia. Fiquei muito triste ao ler o título do texto no meu email, pela perda do seu marido para esse vírus devastador. Queria poder te dar um abraço forte nesse momento, não consigo mensurar sua dor, mas imagino o quanto deve estar sendo difícil. O João Pedro é lindo, parece muito com a Maria Eugênia. ❤️ Muito amor, força, luz e paz a vc e para as crianças.

  2. Querida, Deus te abençoe sempre. Você foi muito importante para mim nas questões referentes a bariátrica e hoje eu vi seu sofrimento por causa da viuvez . O que podemos dizer a uma guerreira nesse momento? Você já sabe o caminho. Fé, paciência consigo, amor e a cada dia resignificar sua vida em prol do crescimento pessoal. Um grande abraço, saiba que admiro vc mais ainda. E tenho certeza que daqui um tempo, tudo vai se encaixar .

  3. Nossa Lé fiquei muito triste com essa nossa que doença miserável destruiu milhões de famílias, só deus pra te confota e a prova do grande amor ele deixou pra vc cuidar seus filhos fruto do grande amor de vcs dois.
    Deus e conforte.
    Abraço 🤝🤝

  4. Misericórdia, que Deus conforte o seu coração e te dê forças.
    Muito triste ❤️🙏🏼🙏🏻🙏🏾

  5. Alê, sou sua seguidora e sempre me inspirei muito nas suas publicações.
    Estou muito triste ao ler seu relato sobre a partida precoce de seu esposo. Também tive essa trágica experiência há 15 anos atrás, qdo perdi meu marido num acidente, e fiquei sozinha, perdida, com 2 crianças pequenas…o que eu posso lhe dizer é que vai doer por muito tempo, mas Deus em sua infinita misericórdia, vai te dar uma força sobre-humana, acredite! Deixo aqui minha solidariedade, minha compaixão e meus sinceros sentimentos por vc e toda sua linda família…
    Assim que puder, volte a escrever por aqui, vai te ajudar!
    Um grande abraço fraterno dessa seguidora aqui, que chora pela sua dor.

  6. Querida, acompanho você desde a época da cirurgia e fiquei em choque ao ler sobre sua perda. Não sei o que dizer, nem tenho palavras. Só Deus neste momento para te confortar e fortalecer. Força !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s